terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Miguel Haddad transforma em ações dívida da DAE S/A

É o puro exemplo de descaso com o dinheiro e o (ainda) patrimônio público. O prefeito transformou, com o auxílio da maioria dos vereadores de sua base política, a dívida da DAE S/A em participação acionária para a Prefeitura. Isso não significa que ela aumentou seu percentual, mas sim que “transformou em papel” mais de R$ 17 milhões de dívidas. Assim, ó: puft, sumiu! E a DAE se livrou das dívidas e as passou para a Prefeitura.

Há 10 anos votamos contra a transformação do DAE de Autarquia Municipal para Sociedade Anônima. Mas ele, o mesmo prefeito Miguel Haddad na época, conseguiu maioria na Câmara Municipal numas das manobras mais “sem sentido” feitas na cidade. Nosso DAE só não teve suas ações vendidas a particulares porque abrimos um processo na justiça.

Mas, como a DAE S/A se tornou uma empresa regida pelo direito privado, pagaria impostos e outras obrigações que antes não tinha. Calculamos, à época, que os impostos aumentariam os custos em cerca de 30%. Dito e feito: A DAE, superavitária enquanto autarquia, acumulou dívidas e dúvidas sobre sua existência como uma “Empresa S/A”. Por que foi feita essa manobra? Alguém se arrisca a responder?

OBS: O Projeto de Lei foi apresentado hoje na Câmara Municipal e votado em regime de urgência horas depois. O prefeito Miguel Haddad só faz audiências públicas quando lhe interessa!

5 comentários:

  1. Gostaria de saber porque o ministério público não investiga todos os envolvidos desde a dita "transformação" de autarquia em S/A, sendo que foi o processo mais inconstitucional já visto na região. Hoje o DAE serve como óbvio cabide de emprego e de negociatas, uso indevido de recursos públicos, etc... Cadê você ministério dito público.

    ResponderExcluir
  2. Interessante é ver que só o jornal BOMDIA deu essa matéria, os outros dois jornais se calaram. Tá tudo dominado, esse grupo da prefeitura não dá mais pra continuar.

    ResponderExcluir
  3. Que bom ter uma parceria com uma prefeitura como a nossa. O particular faz as dívidas, e nós cidadãos, que aliás, pagamos pelos serviços da DAE, pagamos também, indiretamente, as suas dívidas. Que blz Jundiaí!!!!!!!!!!!!acorda cidadão, acorda, temos muito que melhorar na nossa cidade

    ResponderExcluir
  4. Um comentário foi moderado por conteúdos ofensivos.

    ResponderExcluir
  5. José Carlos de Oliveira23 de dezembro de 2010 15:03

    O importante é ter água e de boa qualidade. Veja cidades vizinhas sem água, Várzea manda até caminhão pipa buscar água em Jundiaí, quando a Sabesp não dá conta do recado.

    ResponderExcluir