sábado, 30 de junho de 2012

67 mil visitas ao nosso Blog. Obrigado!

Quando começamos a divulgar e postar regularmente neste blog, há mais de 15 meses, não imaginávamos que a participação seria tão grande.


Como surgiu: "Reunimos bons amigos para colaborar com este blog. Queremos opinar, fiscalizar, comentar, informar e trabalhar por nossa cidade. Falaremos sobre todo tipo de assunto que tiver relação, direta ou indireta, com Jundiaí"


Em média 703 visitas/dia ao blog (nos mais diversos links). Só nas postagens de artigos nossos, a média é de 421 visitas nos dias úteis e 192 nos finais de semana. Uma interação e tanto. Obrigado a tod@s os participantes.

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Sacolinhas devem voltar aos supermercados gratuitamente


O Conselho Superior do Ministério Público de São Paulo decidiu por unanimidade nesta terça-feira, 19 de junho, que o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), que limitava o direito do consumidor em receber gratuitamente as sacolas plásticas, não é válido. Com a decisão, os estabelecimentos devem voltar a distribuir as sacolinhas em cumprimento ao Código de Defesa do Consumidor.

A população é a favor do meio ambiente. E deseja colaborar quando a atitude é séria e eficiente, o que não ocorreu com esta imposição, iniciada em Jundiaí, por intermédio de acordo entre o prefeito Miguel Haddad (PSDB) e a Associação Paulista de Supermercados (APAS). Depois o governador Alckmin (PSDB) também apoiou a medida para o Estado de São Paulo.

O que esperamos é que aconteça a reciclagem de verdade, não só de fachada como na maioria dos programas da Prefeitura. Ou que os supermercados continuem distribuindo as sacolinhas de “plástico de milho” gratuitamente.

A petição contra a homologação do TAC foi uma ação movida pela Plastivida Instituto Sócio Ambiental dos Plásticos, pelo Instituto de Defesa do Consumidor (Idecon) e pelo terceiro interessado SOS Consumidor.

Quem ganha ou perde nessa polêmica das sacolas plásticas:

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Pesquisa aponta: Jundiaiense sente insegurança e trânsito ruim. Saúde deixa a desejar


É o que revela a pesquisa feita pela própria Prefeitura com mais de 2 mil pessoas, entre 16 e 25 de abril deste ano. Pelo levantamento realizado em diversas regiões da cidade, população jundiaiense aponta o que é perceptível há anos. É só observar na tabela alguns bairros tradicionais.


Isso tudo porque promessas feitas pelo prefeito não foram cumpridas depois de quatro anos: 1- O jogo de empurra-empurra do hospital regional que não saiu do papel; 2- Não ocorreu a contratação de mais 40 guardas por ano e não instalaram câmeras de monitoramento; 3- Não houve planejamento viário e há grande quantidade de prédios construídos, que foram permitidos pela Prefeitura, sem contrapartidas para a cidade!

Foram feitas diversas propostas e cobranças para que estes principais problemas fossem tratados como prioridade, mas o pessoal do PSDB impedia todas as nossas emendas ao orçamento e projetos que sugeríamos.

Jundiaí é uma das cidades mais ricas do Estado, mas seu crescimento econômico não foi direcionado pela prefeitura para o bem-estar da população, faltou planejamento do time, desgastado, que governa a cidade há 20 anos.

Pesquisa completa: