segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Rio Acima / Chácara Companheiros: Bairros esquecidos


Há aproximadamente três anos a prefeitura de nosso município começou a cobrar IPTU nos bairros Chácara Companheiros e Rio Acima. Até aí, tudo normal. Mas acontece que a prefeitura vem ferindo a nossa Constituição.

De acordo com nossas leis, para uma área rural virar zona urbana a Prefeitura deveria criar condições básicas de infra-estrutura na região, tais quais asfalto, rede de esgoto, transporte adequado, água e energia satisfatória etc. O asfalto não chega nem perto da Chácara Companheiros. E o pior é que toda eleição ocorre a mesma estória: semanas antes do pleito, funcionários da prefeitura medem a Av. José Manuel da Silva, que liga o Rio Acima ao Parque do Corrupira, passando pela Chácara Companheiros, dando a falsa impressão de que um dos problemas da região será solucionado. Passa-se o tempo e o problema persiste...

Além disso, existe o sério problema das constantes faltas de água e energia, falta de rede de esgoto (Ué, a prefeitura não anuncia que tem quase 100% de seu esgoto tratado!?!?), além do péssimo atendimento prestado pelas linhas de ônibus da região, problema inclusive já exposto recentemente pelo Jornal de Jundiaí. Para cobrar o IPTU a prefeitura é rápida e eficiente, mas e agora, quando as necessidades da população serão atendidas?

11 comentários:

  1. Depois o pessoal do PSDB daqui da cidade vive a cobrar o governo federal (PT) sobre a carga tributária!!! Em Jundiaí cobram imposto e não entregam o serviço. O Prefeito Miguel Haddad está no seu 3° governo municipal e ainda não resolveu a questão. Uma vergonha.

    ResponderExcluir
  2. Estamos enrrolados com os Jornais locais. São todos do PSDB e mascaram a verdade. É brincadeira uma cidade rica igual Jundiaí não prestar um serviço decente!

    Ainda bem que tem algumas pessoas de coragem que abrem espaço nos Blog´s.

    ResponderExcluir
  3. o jardim taruma tambem vive no esquecimento do prefeito, kd o centro esportivo a tempos na promessa segurança nas escolas nem se fala tem professor que nao quer mais trabalhar no bairro assim nao da sr miguel

    ResponderExcluir
  4. Luis Roberto Zanarella Cruz23 de novembro de 2010 20:30

    Povo que vive de promessas não são cidadãos. Cidadãos são aqueles que fazem governos funicionarem, uma cidade trabalhar por eles e seus governantes eleitos honrarem votos. Se isso não acontece não tem governo!
    O fato da prefeitura incluir os bairro citados no perímetro urbano (isso deve ser por lei aprovada na Câmara e dentro do Plano Diretor)é para iniciar a expulsão dos moradores para viabilizar novos loteamentos. Sem infraestrutura (contrapartida da prefeitura) não se deve cobrar IPTU. Vejam a aprovação da lei!

    ResponderExcluir
  5. É realmente alarmante. Esse problema não ocorre somente nos bairros citados nem só em Jundiaí, mas por ser uma cidade tão rica, problemas como este já deveriam ser resolvidos. Como podemos falar de inclusão territorial, social, digital e etc. se existem bairros inteiros isolados do resto da cidade? Realmente está faltando competência da administração de Jundiaí!
    Obs.: muito bom o post!

    ResponderExcluir
  6. A prefeitura de Jundiai sempre tratou seus moradores com desrespeito, mas como dizia o ditado, cada povo merece o politico q tem! Ta na hora desse povo mudar esse quadro que vem segurando o desenvolvimento dessa nossa cidade!!! Fora Haddad!!

    Mac Spadaro

    ResponderExcluir
  7. Com a enchente que deu na quinta-feira 13/01/11, a ponte caiu, ninguem se preocupa em levanta-la.
    Os carros tem que dar uma volta enorme, no meio de um monte de buraco para sair da chácara.
    E a informação que foi passada é que a ponte será erguida quando parar de chover!!!!

    ResponderExcluir
  8. tbem sou morador da chácara dos companheiros e acho que a prefeitura olha pouco para nós,temos que nos unir para chamar mais a atenção da prefeitura,temos que combinar e fazer uma passeata ou algo do tipo,chamar a tv tem e os jornais da região,acho que botar fogo em pneus na via publica não é nada civilizado mais geralmente é eficiente! pura revolta!

    ResponderExcluir
  9. Olá Paulo. Estou lhe escrevendo aqui pois não tenho facebook e não quero registrar-me. Meu nome é Marcel e moro próximo do Bairro Chácara dos Companheiros. Aos finais de semana o barulho feito pelo empreendimento na entrada do bairro tem incomodado muito, e estou longe do local. Mandei um e-mail para o Comitê do PCJ e realizei um 156 na prefeitura solicitando providências. Gostaria de saber se o barulho tem incomodado os moradores do bairro Companheiros e se estão fazendo alguma coisa para sanar o problema. Meu e-mail marercar@ig.com.br. atenciosamente marcel.

    ResponderExcluir
  10. oi paulo, provavelmente somos parentes de longe, onde fia este lugar, que nunca ouvi falar? sou policial e preciso entregar uma intimação para um morador, por favor me de uma referencia, obrigado

    ResponderExcluir
  11. E a cara da vergonha de Jundiai , infelismente fico chocado e triste com a situaçao e abandono deste bairro ! E um pedacinho de Jundiai que ficou esquecido no mapa da cidade . Acorda Jundiai nos existimos socorro!!!!! Por enquanto obrigado por nada de voces!!!.....

    ResponderExcluir